Comitê de desburocratização é tema de reunião da Ademi-AM

28/08/2019

Em reunião com a Associação das Empresas do mercado imobiliário do Amazonas (Ademi-AM), o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Manaus (Implurb), Cláudio Guenka, destacou para empresários do setor o andamento do comitê de desburocratização, criado em 2015, no qual a Ademi faz parte.

Com a finalidade de agilizar processos, Cláudio Guenka lembrou que, com o comitê, avanços foram feitos em alguns eixos de trabalho, um deles com bastante destaque é a atualização do plano diretor de Manaus.

“É importante à participação de entidades, como a Ademi, que nos ajudam a ampliar essa visão e conseguir detectar internamente várias burocracias que existiam”, reforçou Guenka.

O subsecretário municipal de gestão, Alain Costa, também esteve presente e foi o porta voz na apresentação do Comitê a empresários do mercado imobiliário reunidos pela Ademi-AM.

Alain Costa relembrou o início do comitê “O comitê de desburocratização começou informalmente em 2013 devido a necessidade da sociedade civil, demandando que a prefeitura melhorasse algumas situações. Em 2015 oficialmente a cidade de Manaus de uma forma pioneira criou o comitê de desburocratização, é um tipo de ferramenta de gestão muito avançado nos países mais desenvolvidos. Manaus é uma das primeiras cidades que tem oficialmente o comitê de desburocratização constituído”, destacou .