Notícias do Setor

Ademi-AM reúne associados para discutir mercado

28 de maio de 2019

Na manhã desta ter-feira, 28, a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM) reuniu com dirigentes de empresas associadas para discussão de temas relevantes sobre a indústria e apresentação da pesquisa de mercado do mês de abril.

O Encontro Nacional da Indústria da Construção foi tema da reunião onde os participantes do encontro puderam compartilhar um pouco da experiência que tiveram nos dias 15, 16 e 17 de maio, no Rio De Janeiro, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

O presidente da Ademi-AM, Albano Maximo, destacou que a tendência do mercado daqui para frente será baseado na inovação tecnológica. “Para quem não estiver fazendo inovação tecnológica não vai conseguir fazer um projeto que seja competitivo, pois tem muita coisa nova, muita novidade acontecendo”, disse Maximo.

André Avelino da Incorporadora Unipar, empresa associada à Ademi-AM, participou pela primeira vez do evento e ficou bastante animado com o resultado. “Eu recomendo a todos a participarem do evento no próximo ano, pois vale muito a pena. Trataram muito sobre revolução digital e no congresso técnico, construtoras com um novo modelo de trabalho com o destaque para o fomento de startups da construção civil. Essas inovações têm a finalidade de sanar dificuldades da construção civil”, falou Avelino.

Outro tema que ganhou projeção, foi a participação do ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, que mencionou Manaus como exemplo de cidade afetada com o código florestal, garantindo mudança para que cidades possam fomentar a economia com a construção de prédios. Para o vice-presidente da Ademi-AM, Hélio Alexandre, Manaus foi prejudicada, mas que acredita em mudanças positivas. “O Código ambiental urbano vai mudar, segundo o ministro do meio ambiente. Nós temos dois caminhos: um é o político, via senado; e outro é o caminho jurídico. São duas frentes e assim seremos beneficiados”, enfatizou, Hélio.

A diretora jurídica da Ademi-AM, Carolina Botelho, relatou sua primeira experiência no Enic. “Busquei prestigiar os painéis jurídicos e fiquei otimista, pois o judiciário já está começando a ter uma percepção diferente. Os julgadores precisam ter essa nova visão e discutir os impactos econômicos”, destacou Botelho.

Na mesma reunião, mas já com outra pauta, o diretor da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Ademi-AM, Henrique Medina, apresentou a pesquisa do mercado do mês de abriu e levantou pontos em crescimento do setor, que faturou no mês passado R$ 90 milhões, e criou um expectativa de alcance da meta de crescimento de 32% em 2019 em comparação ao 16% do ano passado.

Portfólio

Mais Notícias do Setor

Outras matérias

logoAdemiRodape.png
Av. André Araújo, nº 97
Ed. Fórum Business Center, 12º andar, sl. 1212
Bairro Adrianópolis
CEP 69057-025 - Manaus-AM
Telefone: (92) 3346-2800, ramal 22
E-mail: ademi.amazonas@gmail.com
Pesquise o site
Desenvolvido em SPIP pela Calepino